Banda itinerante

Cao Laru toca no Dolores House Piracicaba

A atual fase da banda celebra uma intensa vivência musical construída ao longo dos últimos sete anos

Da Redação
16/06/2022 às 08:38.
Atualizado em 16/06/2022 às 08:40

São sete artistas, cinco vozes e uma infinidade de instrumentos (Natália Elmôr)

Uma banda itinerante, polifônica e poliglota: assim é Cao Laru, grupo nascido na França e atualmente formado por 7 brasileiros. A banda roda vários países em uma Kombi e com um motor home, unindo sons do Brasil, sulamericanos e europeus, cantando em 3 idiomas, português, francês e espanhol. Esse caldeirão sonoro pega a estrada, agora em uma turnê que passa por 3 estados e quase 30 cidades com o novo álbum, "Libre".

O show em Piracicaba será em 24 de junho, no espaço Dolores House Piracicaba, Travessa da Saudade, 67.

São sete artistas, cinco vozes e uma infinidade de instrumentos no show do terceiro álbum da banda, um grito de poesia e de resistência lançado durante a pandemia. Um motor home, uma Kombi e um espírito aventureiro guiam os músicos desde 2015, quando Cao Laru (pronuncia-se Tchau Larru) foi fundado em Rennes, cidade francesa onde os integrantes se conheceram durante um mestrado em Pedagogia Musical. De lá para cá, a banda reuniu diferentes nacionalidades e musicalidades, e agora conta com uma formação totalmente brasileira, porém igualmente poliglota e polifônica.

Noubar Sarkissian Jr. (cavaquinho, violão, sanfona, pandeiro, clarinete, guitarra e voz), Nicolle Bello (voz, percussões, dança), Edson Silva (bateria, pife, clarinete, dança e percussões), Pedro Destro (baixo elétrico, clarinete), Vitoria Faria (sanfona e voz), Graciela Soares (voz, dança e percussões) e Fábio Pádua (flauta, clarinete, violino, pife, guitarra e bandolim) viajam o mundo em seus excêntricos veículos, fazendo shows e vivendo a essência da arte e da cultura numa grande troca de experiências musicais e sociais com povos variados. Um pouco de toda essa história ganhou um novo capítulo com “Libre”, terceiro disco da banda, com lançamento pelo selo Pequeno Imprevisto.

A atual fase de Cao Laru celebra uma intensa vivência musical construída ao longo dos últimos sete anos. A banda lançou 4 discos (o EP de estreia “Cao Laru” (2016), e os álbuns “Kombiphonie” (2017), “Fronteiras” (2019) e “Libre” (2020)). Em 2019, a turnê “Fronteiras” rendeu mais de 150 shows passando por 21 estados brasileiros e 5 países na Europa (Espanha, Portugal, Inglaterra, França e Suíça).

Nesse disco, a banda canta as diversas liberdades, políticas, culturais e geográficas; as liberdades poéticas e estéticas; afetivas e emocionais. As doze canções de “Libre” nascem como um grito sobre a liberdade das minorias, sobre a escolha entre ir e ficar, entre estar ou deixar, com a utopia de que não há ninguém totalmente livre enquanto não houver liberdade para todes. A escolha do nome partiu do entendimento que nos 3 idiomas nativos do grupo (português, espanhol e francês), a expressão “Libre” pode ser compreendida e absorvida.

Para o segundo semestre, a banda anunciará uma nova turnê pela Europa (França, Suíça, Espanha, Portugal e Inglaterra).

Detalhes de ingressos e shows podem ser encontrados no link: https://linktr.ee/caolaru

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por