Almeida Jr

Tradicional mostra retoma formato presencial

Sob a curadoria de Viviane Gibin, a realização da mostra é da Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos (Apap)

Da Redação
21/05/2022 às 08:47.
Atualizado em 21/05/2022 às 08:48

Obras acadêmicas e contemporâneas de 35 artistas podem ser vistas a partir deste sábado (Divulgação)

A Mostra Almeida Júnior retoma, após dois anos no formato virtual, ao formato presencial. A abertura e premiação estão marcadas acontecem amanhã (21), às 19h30, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto. Os trabalhos ficarão expostos até dia 19 de junho. Para esta 34ª edição, a Mostra recebeu mais de 40 inscrições de 35 artistas nas categorias acadêmica e contemporânea do município e da região. No total 81 trabalhos ficarão expostos. 

Sob a curadoria de Viviane Gibin, a realização da mostra é da Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos (Apap), com apoio da Secretaria Municipal da Ação Cultural de Piracicaba (Semac).

Para o presidente da Apap, Odair Demarchi, significa muito, tanto para o público como para os artistas, poder ter as obras expostas à visitação novamente.

“Depois de dois anos, é uma grande alegria poder voltar ao formato presencial com segurança”, frisa Demarchi. Demarchi explica também que o conteúdo das mostras realizadas em formato virtual permanecem à disposição do público na redes sociais da Associação “possibilitando o alcance do público em diferentes partes do mundo.”

Confira os premiados desta edição: Categoria Acadêmica - Medalha de Ouro - Robinson Tuon, pela obra “Adão”; Medalha de Prata - João Caravita, pela obra “Velho Cais”; Medalha de Bronze Celito Bonette, pela obra “Trilha à Beira Mar”; Menção Honrosa - Carlos Valério, pela obra “Enseada”; e Menção Honrosa - Irene Barone Fraga, pelo conjunto das obras “Mãos que trabalham, Mãos que alimentam, Mãos que clamam”.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por