XV de Piracicaba

A noite do Baronaço

Alvinegro é humilhado em casa e disputará pelo 7º ano consecutivo a Série A2

José Ricardo Ferreira
31/03/2022 às 06:59.
Atualizado em 31/03/2022 às 07:01

Gol do Bentão: XV sofre uma das maiores goleadas nos últimos tempos e fica mais um ano na A2 (Mateus Medeiros/Gazeta de Piracicaba)

Em uma noite catastrófica, o XV de Piracicaba sofreu uma goleada histórica em pleno Estádio Municipal Barão da Serra Negra, na terça-feira (29). Os 5 a 1 aplicados pelo São Bento não só despacharam o time das quartas de final como também eliminaram o sonho do acesso para a elite do Paulistão 2023. No ano que vem o XV disputará pelo 7º ano consecutivo a Série A2 e com novos adversários, a arquirrival Ponte Preta e o Novorizontino - rebaixados da Série A1 esse ano.

O Bentão já havia vencido por 1 a 0 no jogo de ida, em Sorocaba, no sábado passado. Além do Bentão o Rio Claro e a Portuguesa-SP estão nas semifinais. Oeste e Linense decidiram a quarta vaga ontem, após a conclusão dessa edição.

O “Baronaço” começou aos 12’ com Marcos Nunes após cobrança de falta; aos 18’ Paraíba bateu cruzado e empatou para o XV; nos primeiros minutos do 2º tempo 

Victor Pereira arriscou do meio da rua e a bola foi para no ângulo de Paulo Vitor; aos 30’, 3 a 1 com Lucas Lima, também no ângulo; Kayan fez o quarto e ainda teve tempo para o quinto gol do São Bento, de Lucas Lima, aos 52 minutos.

Ainda quando estava perdendo por 2 a 1, a situação do XV piorou quando Capa foi expulso aos 22’, após chutar o jogador Cristiano. Nessas alturas, o XV precisava empatar para tentar a classificação nos pênaltis ou fazer mais três gols para se classificar às semifinais.

Com os nervos à flor da pele diante de tanta humilhação, alguns torcedores do XV teriam arremessado bombas no gramado. O jogo ficou parado por pelo menos 10 minutos pois a polícia precisou intervir. Um torcedor do São Bento caiu da arquibancada e se feriu gravemente, tendo que ser levado a um pronto atendimento da cidade. 

Até as 19h de ontem não havia definição sobre o futuro do técnico Roberto Cavalo, segundo a assessoria de comunicação do XV. As dispensas devem começar hoje pois a maioria dos jogadores tem contrato enquanto o XV permanecesse na disputa.

Constrangido pelo vexame do time sob o seu comando, o experiente técnico pediu desculpadas à torcida. “A torcida compareceu, mas infelizmente não conseguimos dar a alegria da classificação. Peço desculpas ao torcedor que veio”, afirmou no pós-jogo. No ano passado, o XV também parou nas quartas de final.

O XV jogou com Paulo Vitor, Weriton, Robson, Sandoval, Kaike (Capa), Adenilson (Edvan), Daniel Pereira (Carlos Alberto), Paraíba, Franklin (Rondinelly), Diego Rosa (Padu), Michel. 

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por