Esportes

No embalo de título da Série A2, Conselho da Portuguesa aprova criação de SAF

Estadão Conteúdo
19/04/2022 às 10:28.
Atualizado em 19/04/2022 às 10:34

Aproveitando o momento de entusiasmo vivido pela Portuguesa após o título da Série A2 do Campeonato Paulista e a volta à elite estadual, o Conselho Deliberativo aprovou a criação da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) no clube, no fim da noite de segunda-feira.

A decisão unânime, de 110 membros, ocorreu em reunião no Salão Nobre do Canindé, em São Paulo. Antes da proposta ser discutida pelos conselheiros, o projeto passou pelo Conselho de Orientação e Fiscalização (COF), que aprovou a criação da SAF através da cisão do futebol com 100% das ações ficando para a Portuguesa.

Na proposta da diretoria executiva, o patrimônio imobiliário segue pertecendo ao clube e não entra no projeto da SAF. Esta é uma fórmula de administração já adotada por outros clubes como o Cruzeiro, que tem investimento de Ronaldo Fenômeno.

A decisão do COF foi encaminhada ao Conselho Deliberativo pelo presidente Leandro Teixeira Duarte, filho do histórico dirigente Oswaldo Teixeira Duarte, que dá nome ao Canindé. Após uma rápida discussão e esclarecimentos, a proposta da Sociedade Anônima do Futebol foi aprovada na sequência.

Mas para ser efetivado, o projeto precisa ainda ser aprovado pela Assembleia Geral dos sócios. A maioria precisa ser a favor. Presentes à reunião, foram chamados à mesa o presidente da diretoria executiva, Antonio Carlos Castanheira, e o executivo de futebol Toninho Cecílio. Este defendeu a criação da SAF para a montagem de uma estrutura que mantenha o clube autossuficiente para manter as atividades do futebol.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por