AMEAÇA

Homens fortemente armados cercam ministérios líbios

O governo de Ali Zeidan iniciou uma campanha para retirar da capital as "milícias fora da lei"

France Press
correiopontocom@rac.com.br
06/05/2013 às 08:48.
Atualizado em 27/04/2022 às 13:45

Homens armados cercaram nesta segunda-feira (06) vários ministérios em Trípoli para reclamar a renúncia do governo do primeiro-ministro Ali Zeidan.

"Estamos decididos a prosseguir nosso movimento até a saída de Ali Zeidan", disse à AFP Usama Kaabar.

No domingo, os milicianos afirmaram que deixariam os arredores dos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores após a aprovação de uma lei que exclui da vida política antigos colaboradores do regime de Muamar Kadhafi.

Mas homens armados e veículos equipados com metralhadoras permaneciam diante dos ministérios nesta segunda-feira.

"A aprovação da lei sobre a exclusão política constitui um grande passo no bom caminho. Mas vamos dar tempo para examinar alguns pontos da lei", disse Kaabar, membro da "Coordenação para a exclusão política" e vice-presidente do Conselho Superior dos Thowars (revolucionários) líbios.

"Estamos decididos a derrubar o governo de Ali Zeidan", completou, antes de acusar o primeiro-ministro de "provocar os Thowars" com a intenção de expulsá-los da capital líbia.

O governo de Ali Zeidan iniciou uma campanha para retirar da capital as "milícias fora da lei".

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por