Santa Casa

Drogal adota quarto SUS

Empresa amplia compromisso com a saúde da população

Da Redação
29/06/2022 às 07:44.
Atualizado em 29/06/2022 às 07:45

Quarto 102 da Maternidade Família Cançado Lessa e membros da mesa diretora no interior do quarto adotado (Divulgação)

A Mesa Diretora da Santa Casa de Piracicaba acompanhou a visita que representantes da Rede Drogal fizeram na manhã desta segunda-feira (27), ao quarto 102 da Maternidade da Instituição, que foi totalmente reestruturado dentro da campanha Adote Um Quarto SUS e Faça a Diferença. 

"Lançamos essa campanha em 2012 e, dez anos depois, podemos afirmar que a iniciativa foi vitoriosa, pois com a adoção deste segundo quarto pela Drogal, a Santa Casa praticamente conclui o processo de adoção de todos os 64 quartos que disponibiliza atualmente para internações pelo SUS- Sistema Único de Saúde", disse o provedor João Orlando Pavão, lembrando que a empresa já havia adotado o quarto 237 da Unidade B logo no início da campanha. 

Ele recebeu a equipe Drogal ao lado do vice-provedor Alexandre Valvano Neto, da administradora Vanda Petean e do coordenador do Setor de Captação de Recursos do Hospital, Marcos Andrade, e explicou que os dois últimos quartos da campanha também já foram adotados, mas ainda não foram entregues, pois estão em obras para troca de todos os móveis, instalação de TV LCD, remodelação de piso e pintura, nova tubulação de gases medicinais, adequação do banheiro e instalação de camas elétricas que ampliam a autonomia do paciente e facilitam o trabalho da equipe de saúde.

"Só conseguimos esse resultado porque contamos com a parceria e apoio de empresas como a Drogal, que entendem a dificuldade pela qual passam as instituições filantrópicas do Brasil e fazem a sua parte no sentido de ajudar o mais carente", disse o provedor ao reforçar os agradecimentos à Família Lessa e lembrar que iniciativas como esta ajudam a mudar a cidade e o país.

Segundo o diretor administrativo da Rede Drogal, Roberto Lessa, a adoção de dois quartos se deve à qualidade do programa apresentado pela Santa Casa. "Sabemos que o Hospital direciona mais de 80% de todos os seus serviços ao SUS e estamos aqui para fazer a nossa parte, mostrando na prática nosso compromisso com a saúde da população", disse Lessa. Segundo ele, esta é uma forma de ampliar o alcance do serviço que a Drogal desenvolve todos os dias e, ao mesmo tempo, homenagear um dos sócios fundadores da rede e sua esposa, já que o quarto traz os nomes de Paulo e Maria Célia Cançado Lessa.

Para o diretor comercial da Rede, Ricardo Cançado, o aspecto social também justifica a iniciativa. "Cada um fazendo um pouco, é possivel fazer muito", observou referindo-se ao quarto como mais uma grande conquista no sentido de auxiliar a Santa Casa.

Opinião semelhante tem o diretor administrativo Marcelo Cançado. Ele ressaltou a satisfação da Rede Drogal em poder ajudar a Santa Casa que, segundo ele, desenvolve um trabalho fantástico há 168 anos na cidade. "Diante desta convicção, queremos estimular outras empresas e empresários a apoiar programas importantes de nossa cidade", revelou. 

Também participaram da visita Vânia Lessa, esposa de Roberto Lessa; suas filhas Roberta e Elisa; e o gerente de Marketing, Alex Camargo. Foi possível observar as expressões quando eles adentraram o quarto e perceber que o resultado agradou muito. 

"O quarto ficou maravilhoso; estamos certos de que as pessoas que por aqui passarão vão ter um conforto ainda maior neste lugar reformado e adequado para poder atender da melhor maneira possível", disseram.

A enfermeira coordenadora Janaina Felippe Higashi revela a importância da adoção de quartos na Unidade, lembrando que a maternidade da Santa Casa mantém Pronto Atendimento Obstétrico e é referência regional para partos de alto risco, atendendo gestantes de Piracicaba e outras 25 cidades. "Mantemos 35 leitos SUS e realizamos uma média de 180 partos/mês", disse.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por