Cultura SP: novos editais

Governo de SP disponibilizará R$ 271,7 milhões

Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, concedeu entrevista exclusiva à Gazeta de Piracicaba

Romualdo Cruz Filho
08/04/2022 às 06:44.
Atualizado em 08/04/2022 às 06:46

Sérgio Sá Leitão, da Cultura (Joca Duarte)

Em entrevista exclusiva à Gazeta de Piracicaba, o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, que estará hoje em Piracicaba com a comitiva do governador Rodrigo Garcia, lembrou que desde o final do mês passado há 16 editais abertos no site juntospelacultura.org.br com R$ 44 milhões de investimentos previstos para os mais diversos setores artísticos. As inscrições vão até o dia 14 de maio. 

"Esse montante representa quatro vezes mais do que foi disponibilizado em 2021, cujo investimento atingiu a marca de R$ 9,7 milhões, para 366 projetos". O secretário explicou que esses editais não são somente para artistas. Envolvem também projetos do próprio poder público local, além de organizações da sociedade civil e coletivos culturais. "Mas 100% desse volume de recursos são voltados para projetos apresentados pelas cidades do interior do estado"

Segundo Sá Leitão, na semana que vem, 13 de abril, serão lançados outros programas de fomento, que contabilizarão mais R$ 271,7 milhões para investimentos em projetos culturais para todo o estado, incluindo capital.

"Serão R$ 100 milhões para o ProAC Editais, R$ 100 milhões para o ProAC ICMS, além dos R$ 44 milhões para o Juntos pela Cultura, mais R$ 23,6 milhões para Difusão Cultural e R$ 4,1 milhões para o Cultura SP. Isso representa um recorde de investimentos no setor", detalhou Sá Leitão.

O pacote de programas também teve um incremento significativo. "Em 2021 foram liberados R$ 204,5 milhões. Sendo que no ano passado o interior do estado ficou com 58,7% dos recursos, atendendo 378 municípios. Nossa previsão é ampliar para mais de 400 municípios este ano, de um total de 645 cidades que compõem o Estado. A intenção é sempre expandir essa rede", explicou.

RMP

Questionado sobre a possibilidade de apresentação de projetos coletivos, envolvendo vários municípios da Região Metropolitana de Piracicaba (RMP) em uma mesma iniciativa, o secretário explicou que é possível sim um ou mais municípios apresentarem projetos consorciados.

"Não podemos impor, nesse sentido, porque compete aos municípios se organizarem para que isso ocorra. Mas a ideia de uma Virada São Paulo e de um Circuito Cultural Paulista integrando a região está dentro das possibilidades previstas".

Sá Leitão concluiu dizendo que a filosofia do governo é descentralizar o fazer artístico e cultural envolvendo o maior número possível de cidades do interior. Ampliação que vem ocorrendo de forma gradativa, conforme os artistas locais vão se organizando e se preparando para a obtenção dos recursos.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por