Em escola

Palestra aborda Racismo Estrutural

Evento foi acompanhado por 560 estudantes da escola Jorge Coury

Romualdo Cruz Filho
23/06/2022 às 08:34.
Atualizado em 23/06/2022 às 08:37

Mário Augusto Vitoriano Almeida falou para mais de 500 pessoas (Divulgação)

Foi realizada na terça-feira (21), na escola estadual Doutor Jorge Coury, palestra com o gestor do Conviva/SP, Mário Augusto Vitoriano Almeida, sobre Racismo Estrutural e manejo de Relações. O evento contou com a participação de 560 alunos do ensino médio e fundamental da instituição de ensino. 

"Fiquei surpreso com a qualidade do trabalho antirracista desenvolvido aqui", disse Mário Augusto. "Os alunos têm plena clareza sobre pontos de vistas do branco europeu, do negro e do índio que compõem esse assunto complexo e sensível e exigem profunda reflexão. Eles estão preparados para enfrentar o tema com desenvoltura".

Segundo o especialista, onde o ambiente não é acolhedor há sempre problemas de aprendizagem. Nesse sentido, o Conviva/SP procura desenvolver atividades sobre aspectos recorrentes na desestruturação do ambiente, como racismo, segurança, drogas, saúde mental. "São temas que precisam ser discutidos junto com os alunos para que haja superação e se alcance um nível adequado para o bom andamento do ensino e da aprendizagem, com ações preventivas", observa ele.

"Quando fui convidado para participar desse encontro e soube que a escola estava trabalhando em uma frente anti-racista, não tive sombra de dúvida de que eu deveria estar aqui. Mais do que ensinar, aprendi. São alunos empolgados e com grande conhecimento no assunto", disse Mário Augusto. O Conviva/SP é composta por uma equipe central e mais equipes regionais, que atuam nas 91 diretorias da rede estadual de ensino. 

"Nossa proposta, em síntese, é a conscientização", sintetizou o gestor da Conviva/SP. Mário Augusto que também é professor da rede pública do estado e atua como psicólogo clínico. O evento contou com a presença de Adney Araújo de Abreu, presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba (Conepir), Agnaldo Oliveira e Luciano Alves Lima, da OAB-Piracicaba, Lucia Helena, do Centro Documentação Políticas Negras, vereador Acácio Godoy, Luis Carlos Marconi, supervisor de Ensino de Piracicaba, Silvana Gaise, Vânia Melo, João Gambaro e André professores coordenadores, Sandra Lucio, professora, e Thais Cury, diretora da escola Doutor Jorge Coury.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por