Feira do rolo

PM prende receptador com cerca de R$ 15 mi de produtos sem nota

Com o criminoso foram encontrados, ainda, um simulacro de arma de fogo, 15 aparelhos celulares, cinco GPSs automotivos, entre outros produtos

Ana Cristina Andrade
14/05/2022 às 07:29.
Atualizado em 14/05/2022 às 07:30

4ª Companhia fez operação na feira do rolo e prendeu receptador (Divulgação/Polícia Militar)

A Polícia Militar de Piracicaba, por meio da 4ª Companhia, fez uma 'limpeza' ontem na feira do rolo de Piracicaba e prendeu um receptador com várias passagens pelo mesmo crime. Com ele havia o equivalente a R$ 15 mil em produtos sem nota fiscal. Só de capas de celulares havia 322.

Com o criminoso foram encontrados, ainda, um simulacro de arma de fogo, 15 aparelhos celulares, cinco GPSs automotivos, três toca-CDs, duas câmeras fotográficas, um roteador de internet, dois receptores de sinal de TV a cabo, duas caixas de som, dois pacotes de cigarro, ventilador portátil, 42 baterias para celulares, R$ 22,00, 11 pendrives, três caixas pequenas com ferramentas, entre outros.

O 3º sargento Murari, que comandou a blitz na feira, explicou que a ação policial foi desencadeada devido ao grande número de denúncias sobre o comércio de produtos furtados, no local, e a quantidade de tráfico de drogas. A equipe comandada por ele já flagrou três ocorrências desta natureza no mesmo lugar.

Ontem, os PMs chegaram às 8h da manhã. Havia cercar de 15 pessoas no lugar e, entre elas, os militares abordaram um homem que estava com todo o material de procedência duvidosa.
O receptador falou que compra e vende, principalmente, de usuários de drogas que frequentam a praça.

Feita a consulta na Central 190, dois celulares constaram como furtados. Uma das vítimas foi localizada e disse que o furto ocorreu em São Paulo, capital, três anos atrás. O acusado foi levado para a Unidade de Polícia Judiciária

Recuperação

De acordo com sargento Murari, há celulares que não foram constatados como produtos ilícitos. "Provavelmente, as vítimas não colocaram o IMEI do aparelho na hora de registrar a ocorrência".

Se alguém foi vítima de furto ou roubo de celular, pode procurar a delegacia de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, à rua José Pinto de Almeida, entre ruas Voluntários de Piracicaba e Treze de Maio.

Na operação, que durou cerca de uma hora e 30 minutos, atuaram ainda os cabos Diego, Leite, Freire, e soldados Andrioli, Nicolau, Greco, Fazzian e Matheus.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por