Operação Huracón

Polícia Ambiental inicia operação de combate a incêndios

A partir do mês de junho, a Operação Corta-Fogo entra na sua fase vermelha, de alerta máximo para evitar incêndios

Da Redação
21/05/2022 às 06:47.
Atualizado em 21/05/2022 às 06:47

Cerca de 450 patrulheiros ambientais e integrantes do Gaema estarão empenhados na fiscalização (Mateus Medeiros/Gazeta de Piracicaba)

A Polícia Militar Ambiental e o Ministério Público iniciaram, essa semana, a Operação Huracón que tem por objetivo a preservação de focos de incêndio e, consequentemente, minimização dos impactos que estes incidentes acarretam à saúde da população e às condições do meio ambiente.

Entre as ações previstas, destacam-se as orientações a proprietários e produtores rurais sobre medidas de prevenção, como à manutenção dos aceiros nos canaviais e a existência de planos de auxílio mutuo, manutenção adequada das margens das rodovias (faixas de domínio); cuidado pelas unidades de conservação; e outros pontos de vulnerabilidade que também serão alvo do policiamento preventivo.

Na edição deste ano, a operação receberá o reforço de representantes municipais da Defesa Civil, que colaborarão nos esforços preventivos. Segundo organizadores, esta ação tem forte componente didático, uma vez que se iniciam as ações de educação ambiental nas redes sociais, como forma de conscientização de toda a população, com vários alertas.

Entre os alertas emitidos pela Polícia Ambiental estão: não atirar cigarros ou fósforos às margens de rodovias, não soltar balões (é crime previsto na Lei 9.605/98) e evitar acender fogueiras (não acendê-las perto de matas e em dias de vento com baixa umidade).

A orientação é, também, para que a população não realize queimadas (quando necessário aplicar em áreas agrícolas, conforme regulamentação legal, que solicite autorização prévia à Cetesb).
A polícia também alerta para que a população não solte fogos de artifício próximo às áreas com vegetação.

A operação será realizada por 450 policiais militares e terá participação de integrantes do Gaema (Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente).

Significado de Huracón

A denominação desta operação faz alusão à mitologia maia, que define Huracón como deus responsável por catástrofes naturais com a invocação de elementos como o vento, fogo e terra.

Denúncias

Se a queimada estiver ocorrendo na área de Piracicaba, e ameaçando imóveis urbanos, ou de propriedades rurais, a população pode ligar para os bombeiros no telefone de emergência 193.
Caso qualquer pessoa flagre alguém colocando fogo no mato, a ligação pode ser feita para a Polícia Militar Ambiental, no telefone (19) 3522-1260.

Neste número há atendentes 24 horas, sem interrupção aos finais de semana ou feriados.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por