Grande festa

São Pedro prepara a tradicional festa do padroeiro e São Sebastião

129ª Festa de São Pedro e São Sebastião começa no próximo dia 1º de julho

Da Redação
26/06/2022 às 07:21.
Atualizado em 26/06/2022 às 07:25

Na Praça Matriz, a programação acontece nos dias 1, 2 e 3, e depois segue nos dias 8, 9, 10 de julho (Divulgação)

Com diversas atrações gastronômicas, culturais e religiosas, a tão esperada 129ª Festa de São Pedro e São Sebastião começa no próximo dia 1º de julho. Após dois anos de pausa por conta da pandemia, a Paróquia São Pedro comemora o retorno de um dos eventos mais tradicionais da estância de São Pedro. Na Praça Matriz, a programação acontece nos dias 1, 2 e 3, e depois segue nos dias 8, 9, 10 de julho.

Além do trabalho de aproximadamente 80 voluntários, o evento conta com apoio da Prefeitura de São Pedro para a montagem das tendas, som, iluminação e palco para os shows musicais. De acordo com o padre Cláudio César de Carvalho, que está há um ano na Paróquia São Pedro, as expectativas são enormes. 

“Tanto para igreja quanto para cidade, é uma festa muito importante e aguardada. Temos a questão do turismo, que movimenta bastante nos dias do evento, e também a questão social. Com as arrecadações dessa festa, a Paróquia realiza a manutenção das dez capelas, faz os trabalhos de evangelização e as ações sociais com a comunidade mais carente”, explicou Carvalho.

Com a expectativa de receber cerca de 50 mil pessoas durante todos os dias da festa, neste ano o evento terá 3.500 metros quadrados de área coberta. Para melhor acomodar os visitantes, serão disponibilizadas 500 mesas e 2.000 cadeiras. Entre as opções gastronômicas que mais fazem sucesso, ganham destaque o espeto de carne, frango atropelado, bisteca no pão, leitoa assada, porções de cuscuz, de batata e de polenta, pastel, doces caseiros e bebidas. 

De acordo com a secretária de Turismo, Clarissa Quiararia, por ser um evento que acontece em duas semanas, a movimentação de turistas é muito significativa.

“Em 2019 recebemos aproximadamente 50 mil pessoas. Tivemos uma grande procura por hotéis, pousadas e ainda identificamos um público que retornou para São Pedro outras vezes para conhecer melhor a cidade”, contou Clarissa, que espera grande público na retomada do tradicional evento. 

Padroeiro

O padre Cláudio Carvalho disse que é fundamental que os fiéis participem da programação religiosa do dia 29 de junho, como a missa das 9h e missa solene e procissão, às 19h30. “Não podemos esquecer jamais do principal motivo da celebração, que é o padroeiro que dá o nome para cidade. São Pedro é o príncipe dos apóstolos. Foi o primeiro papa da Igreja Católica e merece todas as homenagens”, disse. 

Além de reconhecer Jesus Cristo como filho de Deus, Pedro testemunhou sua ressurreição e foi o porta-voz dos discípulos. “São Pedro recebe a chave das mãos de Jesus por sua responsabilidade e pelo amor ao próprio Rei”, explicou o pároco, ao lado da imagem do santo, recém-restaurada pelo artista plástico Sebastian. “Essa linda imagem foi doada por uma família de São Pedro, no dia 29 de junho de 1842”. 

As atrações musicais da festa acontecem no palco da barraca central. No dia 1º, a dupla Claudemir e Moisés abre a programação. No dia 2, a banda Novoriz e, no dia 3, Projeto Modão e Cascalho, e Mauro Sérgio com os Catireiros Irmãos Maroni. Na semana seguinte, dia 8, é a vez de Luiz Miguel e Daniel. Matheus Conrado e a Orquestra de Violeiros de São Pedro se apresentam no dia 9. Para encerrar, no dia 10, a Orquestra de Violas de Valinhos.

Outras informações pelo telefone: (19) 3481-1196.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Gazeta de Piracicaba© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por